Revista Tópica Nº 11

Lançamento da Revista Tópica Nº 11

12ª Jornada do GPAL
O sujeito como sintoma da cultura: desafios da Psicanálise na atualidade

9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas
6 de novembro de 2019

Pavilhão das oficinas
Sala 1 (estacionamento da Prefeitura de Maceió)
19h às 21h

Apresentação

Este ano, o GPAL vai lançar o 11º número da revista Tópica, que mais uma vez ocorrerá na Bienal Internacional do Livro de Alagoas, na sua 9ª edição, em 06 de novembro de 2019, no bairro histórico do Jaraguá.
Desse modo, a revista Tópica vem se inscrever novamente no campo do saber psicanalítico, possibilitando a reedição da experiência freudiana e lhe conferindo uma atualidade ampla e enriquecedora, consolidando seu reconhecimento e inserção na comunidade científica.
A sociedade atual pouco tem a ver com a Psicanálise Freudiana do século XIX. Mais de cem anos nos separam do momento da emergência da Psicanálise e que, de modo algum, pode ser comparado a Viena de 1900.
As novas formas de sofrimento desenham um quadro onde o corpo se torna a expressão de todos os males. Está cada vez mais difícil construir um sentido para a vida. Uma multiplicidade de apelos e experiências transitórias banalizaram o mundo interior, impossibilitando, através da elaboração psíquica, a superação das dificuldades e traumas.
Nessa perspectiva, temos uma revista aberta ao novo, mostrando um movimento plural que tanto traz Freud, Lacan, Winnicott, como também outros autores contemporâneos, não deixando de ser fiel à Psicanálise na sua essência.
Os textos reunidos nesta edição instigam refletir sobre os impasses atuais, confrontando com os desafios da escuta das novas formas de subjetivação.
A prática da Psicanálise, não somente na clínica, tem um sentido mais amplo, positivando os mais diversos modos de existência, acolhendo e compreendendo o sofrimento em toda sua diversidade.
Isso nos sustenta na vontade e desejo do estudo e da pesquisa, mesmo sabendo das incertezas, perdendo-nos e nos encontrando; porém, sempre colhendo os frutos da nossa caminhada.
A Tópica é “Poesia de uma Festa de Colheita” como escreveu o Psicanalista (in memoriam) Zeferino Rocha que foi incentivador desse nosso percurso.
A revista Tópica continua mostrando que a escuta e a produção são partes fundamentais da atividade de um analista.
Que nossa caminhada continue e que os frutos dessa colheita sejam abundantes e nos permitam navegar por este “Novo Mundo”!

Nádima Carvalho
Presidente do GPAL

Programação

19h
Abertura da 12ª Jornada do GPAL com Nádima Carvalho (presidente do GPAL)

19h20 – 20h20
Mesa redonda:
A Psicanálise e o feminino: escutando e dando voz ao sofrimento das mulheres
Nadia Regina Loureiro de Barros Lima

Metáfora do espelho e subjetividade: considerações entre Jacques Lacan e D. Winnicott
Maria Edna de Melo Silva e Maria do Socorro Tenório Neto Cavalcante Alves

Anorexia e sintoma na psicanálise
Kyssia Marcelle Calheiros Santos

O pai em Winnicott: contribuições para uma reflexão sobre a família na atualidade
Heliane de Almeida Lins Leitão

Sujeito do desejo: ser do tempo, feito de sentido
Esperidião Barbosa Neto

20h20 – 20h50
Discussão

20h50
Lançamento da Revista Tópica 11